Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Destaque

Candidato, veja os resultados das seleções 2-2018 e 3-2018

A Prefeitura publicou resultados dos Processos Seletivos (PS) 2-2018 e 3-2018. Candidato, quanto ao PS 2-2018, clique e veja os resultados definitivos das provas objetivas e de títulos e dos recursos contra o resultado da prova de títulos.

Quanto ao PS 3-2018, clique aqui e veja o resultado preliminar da prova de títulos. O candidato tem até as 17h de amanhã (18) para entrar com recurso: para isso, ele deve enviar o documento do Anexo II do edital, preenchido em formato PDF, para pss@pmbd.mg.gov.br.

Acompanhe as seleções 2-2018 e 3-2018

Assine o DOMe e acompanhe as seleções

Candidato, veja o resultado definitivo de provas do Concurso 1-2018

A Prefeitura publicou o resultado definitivo das provas objetivas do Concurso 1-2018. Acompanhe o DOMe para as próximas publicações.

Clique e veja os resultados das provas para ampla concorrêncianegrosportadores de deficiência

Acompanhe o Concurso Público 1-2018

Famílias realizam sonho da casa própria no Residencial Geraldo Cesário

Da esquerda para a direita: Prefeito Fernando Cabral; representante da Mevra, Edi Júnior; Ronaldo Cesário, filho do senhor Geraldo Cesário; Maria Francisca, filha da Arlinda Graia; vereador Marcelão; Jarbas Martins, irmão de Jardel Maximiliano Martins; Sávio Leandro, filho de Libério Lajão; Secretário de Obras Juliano Barreto; presidente da Câmara, Vital; Prefeito em Exercício, Dr. Bertolino.

Com apoio da Prefeitura, a Caixa Econômica Federal e a Construtora Mevra inauguraram a primeira etapa do Residencial Geraldo Cesário. Numa manhã de alegria, 125 famílias realizaram o sonho da casa própria.

O residencial foi batizado com o nome do construtor bom-despachense Geraldo Cesário, que sempre colaborou com o desenvolvimento da cidade. Também destacou pessoas importantes para a região do São Vicente que foram imortalizadas nos nomes das ruas do residencial: Arlinda Graia, Vicente de Paula do Couto, Jardel Maximiliano Martins, Libério Lajão, Miguel Alves Correira, Gercino da Costa Paz, Antônio Teodolino.

Pare de pagar aluguel – No dia, também foi lançada a 2ª etapa do residencial.  Mais 150 famílias poderão sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria. Para mais informações ligue 37 99875-1014. Se preferir vá ao escritório da Mevra, que fica na Praça da Matriz, BD Shopping, Sala 6.

Veja fotos da inauguração

Bom Despacho comemora excelentes resultados no último IDEB

Qualidade do ensino municipal supera média nacional, estadual e das escolas da rede pública. Além disto, somos um das poucas cidades do Brasil que atende 100% da demanda do ensino fundamental (6 a 14 anos), 100% da pré-escola (4 e 5 anos) e 75% da demanda de creche (0 a 3 anos).

As escolas municipais de Bom Despacho receberam excelentes notas no IDEB 2017. Juntas, alcançaram a média de 6,7 pontos. Este resultado ultrapassa a meta estipulada para 2021, que é de 6,6. Também supera a média de todas as escolas do país (5,8), dos estados (6,0), dos municípios (5.6) e das escolas das rede pública (5,5).

“Os resultados me deixaram muito, muito feliz e alegre. Este desempenho que nossos alunos mostraram não é dádiva brotada do acaso, mas fruto de um trabalho consciente, perseverante e amoroso dos nossos profissionais da educação e seus auxiliares. Mais importante, porém, é saber que este trabalho é a fundação sólida sobre a qual nossos alunos construirão o seu futuro”, comemora o Prefeito Fernando Cabral.

“Afirmo que educação não é gasto. Educação é investimento. Nesta área, administramos primeiramente as pessoas. Por isso, em Bom Despacho ouvimos as equipes das escolas e refletimos os resultados da aprendizagem e as soluções em conjunto. Com estas duas práticas temos trabalhado e melhorado a qualidade do ensino para os quase 4 mil alunos da Prefeitura”, destaca a secretária de Educação, Ivy Lílian.

Em Bom Despacho, educação é prioridade – Em Bom Despacho, os educadores da Prefeitura são valorizados. Eles recebem qualificações constantes e reajustes salariais acima da média regional. Todos recebem o piso nacional da categoria, feito que pouquíssimas prefeituras conseguem. Nunca houve atraso de salários.

Além disso, a Administração Cabral já investiu mais de R$ 129 milhões na educação. Anualmente, mais de 27% da arrecadação municipal são aplicados no ensino. Só nos dois primeiros anos de governo, mais de R$ 8 milhões foram usados na reforma e ampliação de todas as escolas. Isso fez com que muitas novas vagas fossem criadas.

Hoje, a Prefeitura atende 100% da demanda de ensino fundamental (6 a 14 anos) e pré-escola (4 e 5 anos). Também já atende 75% da demanda de creche, que recebe crianças de 0 a 3 anos. Com a construção de mais salas de aula na Creche Nossa Senhora Auxiliadora e a inauguração da Creche do Bela Vista, este último percentual chegará a 100%. Bom Despacho entrará para o restrito rol de cidades com 100% das crianças de todas as idades acolhidas.

Em Bom Despacho, alunos são avaliados semestralmente – o resultado das escolas municipais também está ligado à criação do Sistema Municipal de Avaliação da Educação Básica (Simaeb). Semestralmente os alunos de 4 a 14 anos são avaliados pela Secretaria de Educação. Com o resultado em mãos, as equipes das escolas e da secretaria readequam os planejamentos.

“Criamos nosso próprio Simaeb. Elaboramos e aplicamos as avaliações de acordo com a nossa realidade. Assim, acompanhamos de perto a evolução do desempenho dos alunos, a fim de ajustar nossas práticas pedagógicas às realidades de cada turma”, completa Ivy Lílian.

Candidato, veja o resultado preliminar do Concurso 1-2018

Ontem (3), a Prefeitura publicou o resultado preliminar das provas objetivas do Concurso 1-2018. Agora, o candidato deve ficar atento ao prazo para recurso: começará hoje (4), às 11h e será até dia 6.

Veja como entrar com recursos – Para enviá-los, clique aqui. O resultado definitivo será publicado dia 14, no DOMe. O resultado preliminar da prova discursiva será publicado dia 2 de outubro.

Clique para baixar o resultado preliminar da prova objetivaprova de candidato com deficiência e de negro

Acompanhe o Concurso Público 1-2018

Servidores se desdobram para controlar incêndio no aterro

Da esquerda para direita, fileira de trás: Wilson, Everson, Deneval,Terezinha, Mateus, Fernando, Andréia, Luiz, Wilson Antonio e Weberto. Na fileira do meio: Ascânio, Hamilton, Mauricio, Danilo e Pedro Rafael. Na frente, José Maria e Wilson.

Duas semanas atrás atearam fogo no aterro controlado. O empenho do Corpo de Bombeiros foi insuficiente, pois neste tipo de incêndio a água é ineficaz. Mas um grupo de cerca de 20 servidores entrou em ação e trabalhou dia, noite e final de semana até debelar completamente o fogo.

“Estes servidores foram nossos heróis. Se submeteram ao calor, cansaço, fumaça. Fizeram o que foi necessário e evitaram um mal maior. Se empenharam na defesa dos interesses dos bom-despachenses”, reconhece a secretária de Meio Ambiente, Andréia Araújo, que acompanhou de perto toda a operação.

Além de cerca de 30 pessoas, a Prefeitura também empenhou máquinas e caminhões durante praticamente a semana inteira. “Por causa do terreno acidentado, em alguns momentos foi necessário trabalho braçal. A situação era delicada e exigiu muito esforço de todos”, agradece o assessor de Desenvolvimento Rural, José Maria Cesário, que também integrou a equipe.

Ação contou com apoio de voluntários – durante toda a ação, o operador de máquinas, Wilson Silva, operou um trator de esteira. Ele trabalha na empresa de Mateus Moreira, que presta serviços no aterro para a Secretaria de Meio Ambiente. Vendo a dificuldade dos servidores e o risco do fogo se espalhar, os dois se uniram ao grupo. “A situação não foi ainda pior porque o lixo estava organizado, já quase todo enterrado. Conheço aterros de outros municípios. O de Bom Despacho é o mais bem organizado. A ação começou tão logo o incêndio foi detectado. Isso também foi importante. Se o fogo tivesse chegado à siderúrgica jamais conseguiríamos apagá-lo”, destaca Mateus.

Valmir Otoni tem propriedade próxima ao aterro e colaborou doando terra. “Este fator agilizou nosso trabalho. Se tivéssemos que ir longe buscar a terra, toda a operação ficaria prejudicada”, afirma José Maria.

Prefeitura oferece aulas e cursos em 19 polos da cidade. Participe

Alunos ganham mais disposição, saúde, entusiasmo, aprendem e se divertem.

A Secretaria de Desenvolvimento Social oferece aulas e cursos em 19 polos da cidade. Com isso, mais de mil pessoas estão sendo atendidas. Elas ganham mais disposição, saúde, aprendem novas técnicas, se qualificam para o mercado de trabalho, se divertem e fazem novas amizades.

“Oferecemos várias opções. Têm aulas de diferentes danças, ginástica, ioga, artesanato, canto, violão, lutas marciais e muito mais”, destaca o secretário de Desenvolvimento Social, Eduardo Costa.

Maria Ramos

Maria Ramos participa das aulas de canto. “Adoro. Gosto muito de cantar nas igrejas e as aulas me ajudam”, agradece.

Agda e Kátia

As alunas Agda e Kátia fazem ginástica e Jump. “Temos mais disposição nas atividades diárias”, diz Agda. “Só temos que agradecer à equipe da secretaria”, reconhece Kátia.

Maria Luzia

“Frequento a aula de artesanato no polo Ozanan e me distraio muito. É uma terapia”, destaca a aluna Maria Luzia dos Santos.

Participe você também – Entre em contato com o Cras, nos telefones 99106-0930 ou 3522-7653. Se preferir vá às unidades do São Vicente (Rua Alisson Justino, 1.009, Bairro São Vicente) ou do Centro (Rua Padre Vilaça, 190, Centro).

Veja as aulas

Pais acompanham de perto construção de quadra na Creche Nossa Senhora Auxiliadora

Local onde será construída a nova quadra

A Prefeitura começou a construção da quadra coberta e ampliação da Creche Nossa Senhora Auxiliadora, no Bairro Ozanan. Os pais acompanham a obra de perto.

Sueli

“Esse é um projeto muito bom para a creche e para a cidade. Será muito bom ter a quadra onde as crianças farão mais atividades e brincadeiras. A escola é excelente e ficará ainda melhor”, elogia Sueli Mendonça, mãe da aluna Maria Tereza, que tem 4 anos e estuda na creche desde os 4 meses de idade.

Saiba mais – A Secretaria de Educação investirá mais de R$ 650 mil para construir seis salas de aula e quadra esportiva, arquibancada e área gramada. Além disso, alunos e servidores também ganharão reforma e ampliação da biblioteca, lavanderia, sala de professores e secretaria.

Veja fotos do início das obras e das salas que serão reformadas e ampliadas

Prefeitura modernizou aprovação de obras e demanda cresceu 60%

No início de julho, a Prefeitura implantou um sistema que permite aprovar e acompanhar projetos de obras sem sair de casa ou da empresa. Tudo 100% on-line. Isto facilitou muito a vida de engenheiros, arquitetos e outros profissionais da construção civil. Tanto que um mês após a modernização do processo, o número de requerimento aumentou 60% se comparado ao mesmo período de 2017.

Paulo

“Com o novo sistema, os profissionais ganham tempo e dinheiro. Eles não precisam mais vir à Prefeitura, nem pagar para emitir segunda via de documentos. Também não têm que imprimir requerimentos e projetos. Tudo é verificado e aprovado em poucos dias”, afirma o fiscal de obras, Paulo Matos.

Lucas

Cidadão ganha construções mais seguras – mais projetos aprovados significa mais obras regularizadas e de acordo com o Código de Obras do Município. Depois de aprovados os projetos, as construções ainda são acompanhadas por fiscais. “Toda a cidade é beneficiada com edificações mais seguras”, comemora o técnico em gestão pública, Lucas Aparecido.

Acesse o sistema

Quadra da Escola João Dornas está quase pronta

A Prefeitura continua a construção da quadra da Escola João Dornas Filho, no Bairro Ozanan. O espaço será coberto e terá arquibancada, banheiros, vestiário. Tudo para que os mais de 500 alunos tenham segurança e conforto para praticarem atividades esportivas.

Fabiana

O local também será palco de apresentações artísticas, festas, confraternizações. “Esta obra agregará muito à escola e à comunidade”, comemora a diretora, Fabiana Oliveira.

Veja fotos da quadra

Bom Despacho reduziu índice de dengue de 14,3% para 2,3%

Você ainda deve ficar atento e eliminar a água parada; ideal é baixar para 1%

Bom Despacho registrou o menor índice de infestação de dengue dos últimos três anos, 2,3%. Em janeiro, o percentual chegou a 14,3%, maior da região. O índice caiu 12% em poucos meses.

“Isto só foi possível porque a população atendeu ao apelo incansável dos nossos agentes e eliminou a água parada”, parabeniza o gerente de Endemias, Fernando Júnior. O risco de epidemia continua. Por isso, todos devem se manter em alerta. “Avançamos muito, mas ainda não atingimos o ideal que é 1%”, destaca.

Continue combatendo o Aedes aegypti – você deve eliminar a água parada e qualquer objeto que possa se transformar em criadouro. A atenção deve ser redobrada com ralinhos, vasos de plantas, caixas d´água que ficam no chão, bebedouros de animais, reservatórios de geladeiras e caixinhas de gordura.

100% dos focos estão dentro das casas – para fazer a pesquisa de infestação da dengue, os agentes de endemias dividem os 53 bairros da cidade em 43. Destes, 19 apresentaram índice acima do ideal: Santa Ângela (9%), JK (8,7%), Jardim dos Anjos (8,4%), Simeão Ferreira (6,7%), Novo Dom Joaquim (6,3%), Santa Marta (5,6%), São Francisco (5%), Rosário II (4,8%), Novo São Vicente (4,4%), Ozanan (4%), Aeroporto I (4%), Jaraguá (3,9%), Novo Horizonte (3,4%), Fátima (3,3%), Esplanada (3%), Cruz do Monte (2,8%), Babilônia (2,7%), além da do Aeroporto II, Novo São José e São José, com 2,5%. “Os agentes estão trabalhando em toda a cidade e reforçando as visitas nas regiões onde foram encontrados mais focos”, completa Júnior.

 

Veja o histórico de infestação de dengue em Bom Despacho bit.ly/LIRa7

Prefeitura leva mais acessibilidade a alunos da Escola Coronel Praxedes

Rampa com guarda-corpo

A Prefeitura está fazendo obras para aumentar a qualidade das instalações da Escola Coronel Praxedes, no Centro. Entre as melhorias, a Secretaria de Obras está fazendo adaptações de acessibilidade como guarda-corpos, corrimãos, rampas e escadas.

Maria Luíza

O valor do investimento é de R$ 162.067,74 . “Eu fico muito feliz de investirem na nossa escola. Eu gosto muito de trabalhar aqui e tenho visto que o que tem sido feito está sendo para melhor”, afirma a professora Maria Luíza Teixeira, que trabalha há 18 anos na escola.

Veja fotos das obras

Pelo celular, acompanhe o caminhão do lixo

Agora você pode saber exatamente onde está cada caminhão de coleta de lixo. Basta ter um celular ou computador com acesso à Internet.

É importante que o lixo seja colocado para fora apenas minutos antes de o caminhão coletor passar. Isto evita que a cidade fique suja e que as sacolas sejam atacadas pelos animais. Agora ficou mais fácil saber exatamente a que horas o caminhão passará: pelo computador ou pelo celular você saberá onde o coletor está passando.

“Sabendo disso, o cidadão colocará seu lixo para fora minutos antes do caminhão passar. O lixo ficará nas ruas por pouco tempo e não dará tempo dos animais o espalharem. A cidade ficará limpa”, comemora a secretária de Meio Ambiente, Andréia Araújo.

O sistema é simples. Clique aqui e acompanhe o caminhão que recolhe o lixo do seu bairro. Você verá um mapa e três caminhões de cores diferentes. Verifique o caminhão que corresponde à cor do seu bairro. Pronto, você já sabe onde o caminhão está.

Agora você só precisa se lembrar:

a) Coloque o lixo numa sacola na frente da sua casa. A sacola deve ficar mais ou menos a 1,5 metros acima do chão;
b) Lixo úmido e não reciclável você coloca para fora na segunda, quarta e sexta;
c) Lixo seco você coloca para fora na terça e quinta.

Os recicláveis vão para a cooperativa de catadores e dão empregos para mais de 20 pais e mães de família. Os não recicláveis vão para o aterro sanitário. “É importante que toda a população faça a separação do lixo. Quanto mais lixo reciclado for separado, mais famílias poderão se beneficiar da cooperativa”, destaca Andréia.

Governo de Minas continua retendo dinheiro dos Municípios

O Governo de Minas está parcelando e atrasando os salários de seus servidores. Agora, está obrigando as prefeituras a fazerem o mesmo. Situação é gravíssima. Municípios estão sem recursos para pagar professores. Municípios decretam calamidade.

Desde o ano passado, o Governo Pimentel vem retendo dinheiro dos municípios. Até mesmo o dinheiro do FUNDEB está sendo retido. Este é o dinheiro que os municípios têm para pagar os professores da rede municipal. Para compensar o calote do Governo Pimentel, os prefeitos estão sendo obrigados a retirar dinheiro de outras áreas.

O problema é que as outras áreas também já estão sem dinheiro. Pimentel não está repassando o dinheiro do transporte escolar, da saúde, do IPVA, do ICMS. No início de julho, a dívida do Estado com as cidades mineiras chegou a R$ 7 bilhões.

A Bom Despacho o Governo Pimentel deve R$ 11 milhões. Destes, pouco mais de R$ 2 milhões com a educação (FUNDEB), mais de R$ 8 milhões com a saúde, algumas centenas de milhares com a ação social.

Além de não entregar aos Municípios o dinheiro que lhes pertence, Pimentel também está deixando de cumprir suas obrigações com realização de cirurgias de alta complexidade e medicamentos de alto custo. Isto também está aumentando as despesas que os prefeitos são forçados a pagar.

Prefeituras começam a fechar as portas – por falta de dinheiro, São João Del Rei decretou situação de calamidade pública. A cidade de Padre Paraíso avisou aos professores que, a partir de agosto, não terá mais como pagar salários.

Se continuar assim, o Governo de Minas conseguirá fechar as portas de muitas prefeituras.

Em Bom Despacho, desde o início do ano a Prefeitura está pagando os professores com recursos próprios. No entanto, isto está ficando próximo de impossível, pois os cortes do Governo Pimentel estão aumentando mais e mais: “O último salário já foi quase todo pago com dinheiro da Prefeitura”, destaca a secretária de Educação, Ivy Lílian.

Por enquanto a secretária só cortou gastos do orçamento da Educação. “Cortei em tudo. Deixei apenas o que não pode faltar para os alunos: merenda, materiais escolares, de higiene e limpeza. Mas mês que vem, teremos que cortar em outros setores para conseguir pagar os educadores. Estamos comprometendo todo o planejamento que fizemos para melhorias na rede”, alerta Ivy.

Bom Despacho trabalha pesado para minimizar os efeitos da crise – para que os bom-despachenses sintam menos a crise, o Prefeito Cabral determinou que todas as secretarias sejam ainda mais cautelosas ao gastar. A prioridade é manter os serviços oferecidos à população. “Esta situação de calamidade vai se estender por todos os municípios. Se continuar assim, chegará a nós. Não temos como continuar bancando as despesas do Estado de Minas. Podemos esticar além de agosto, talvez além de setembro, mas não temos como seguir indefinidamente”, alerta Cabral.

Prefeitura está asfaltando Rua Letícia

Elton

A Prefeitura começou o asfaltamento de trecho da Rua Letícia, no Bairro Babilônia. Ontem (25), foi feita imprimação para que a via receba o asfalto.

“Na minha opinião, o asfaltamento é uma das melhores coisas que a Prefeitura está fazendo. Ele vem de encontro com nossas necessidades. Aqui há muito barro e poeira”, afirma o morador, Elton Madeira.

Veja fotos da imprimação da Rua Letícia