Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Prefeitura construiu Ponte da Capetinga

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Prefeitura construiu Ponte da Capetinga

Agora, travessia é de concreto é está muito mais segura

A Prefeitura continua melhorando a vida das famílias que vivem na área rural. Recentemente, a Secretaria de Obras e a Assessoria de Desenvolvimento Rural construíram a ponte que fica no córrego da Capetinga. A travessia nem parece a mesma. Antes era estreita e de madeira. Estava escorada, o que mostrava os sinais do tempo. Hoje, a ponte é de concreto, muito mais segura e resistente.

A obra já está beneficiando muitos produtores rurais e famílias que vivem nas comunidades de Retiro dos Agostinhos, Vargem Grande, Sapé. Também está facilitando o acesso delas à BR-262. “Investimos mais de R$30 mil na nova ponte. Também tivemos o apoio do Ricardo do Lino, que cedeu 10 metros de seu terreno para alargar a estrada próxima à ponte e ainda deu muita terra para o aterro da obra”, agradeceu o assessor de Desenvolvimento Rural, José Maria Cesário.

Na área rural, muitas melhorias foram feitas – a reconstrução da Ponte da Barra está em andamento. Bom Despacho deu o material e Martinho Campos se comprometeu a ajudar com a mão de obra. Na Fazenda da Ressaca são duas pontes de concreto. A primeira, na Fazenda de Baixo, já foi entregue ao trânsito. A segunda, na Fazenda de Cima, está fundida e será entregue ao trânsito em breve. Ela atenderá a todo o trânsito que vai para o Mato Seco, Córrego Areado, Capivari dos Marçal e toda a região.

Muitas outras foram construídas para oferecer mais segurança às famílias rurais, a exemplo da Ponte do Germano (CAIC), Ponte dos Macedos, Ponte Lambari (ponte de ferro); Ponte do Tabuão; Ponte da Saracura; Ponte do Rasgão; Ponte do Córrego Areado. “São todas de concreto, por isso são mais seguras, têm maior qualidade e longa durabilidade. Além disso, praticamente não têm manutenção, ao contrário das pontes de madeira, que tem vida curta e exigem muitos reparos”, afirma o Prefeito Cabral.

Imprimir