Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Prefeitura de Bom Despacho - Página 1566

Pela primeira vez na história de Bom Despacho, além de apresentar a Declaração de Bens, prevista em lei, os secretários municipais e assessores do primeiro escalão assinaram também duas declarações exigidas administrativamente pelo prefeito Fernando Cabral. Read more »

O secretário municipal de Obras, engenheiro Juliano Milan Toscano, está fazendo os levantamentos técnicos no local onde a Prefeitura abrirá a nova rua de acesso à universidade, passando por trás do Posto Primavera.

Ao mesmo tempo, o procurador geral do município, Fernando Humberto dos Santos, está fazendo contato com os proprietários dos terrenos envolvidos para tratar dos aspectos legais que cercam a obra.

A construção da nova rua de acesso à Unipac por trás do Posto Primavera atenderá a mais de 5.000 pessoas que hoje precisam atravessar a rodovia BR 262 para chegar à universidade.

A obra será custeada com recursos próprios da Prefeitura de Bom Despacho.

Dia 14 próximo, segunda-feira, a Prefeitura abrirá inscrições visando à contratação temporária de professores, auxiliares de serviço escolar e supervisores pedagógicos. A resolução com os critérios de seleção e procedimentos para inscrição será publicada semana que vem.

Read more »

A Prefeitura está negociando com instituições financeiras a celebração de convênios para financiamento e débito em conta dos impostos devidos pelos contribuintes.  Até agora já houve entendimentos com Banco do Brasil, Caixa Federal, Credibom, Itaú e Credesp. Read more »

Da esquerda para a direita estão o presidente da Câmara, Fernando Becker, e os vereadores João Maurício, José Ivo, Mauro Salviano, Ricardo Alvarenga, Maria Clésia e Roberto Cordeiro

Vereadores aprovaram rapidamente dois projetos de lei: um reduz 106 cargos na Prefeitura; o outro parcela dívida tributária em até 24 meses e traz economia de R$ 10 milhões para contribuintes.

A Câmara Municipal de Bom Despacho aprovou dia 9 de janeiro os projetos da reforma administrativa e do parcelamento de débitos tributários enviados ao Legislativo pelo prefeito Fernando Cabral.

Read more »

Na sua primeira semana de trabalho o novo governo municipal realizou encontros com todas as emissoras de rádio de Bom Despacho.

Nos contatos com emissoras, realizados pelo assessor de Comunicação Alexandre Borges, a administração municipal destacou a importância das rádios como instrumento de informação e defesa da cidadania.  “Transparência administrativa e imprensa atuante são requisitos essenciais para um governo democrático”, afirmou.

O Assessor de Comunicação ressaltou que a Prefeitura estará sempre aberta para a imprensa e pediu o apoio da mídia na divulgação das medidas de interesse público tomadas pelo governo municipal.

Nas fotos acima (da esquerda para a direita e de cima para baixo) os encontros do Assessor de Comunicação com as rádios Ativa FM (Washington Rodrigues), Difusora Bondespachense AM (Fernando e Dorvelino), Cidade FM (Maurício Reis), Nova Veredas FM (Pimentel) e Máxima FM (Luís Fernando).

Equipe da TV Alterosa gravando na Praça da Estação, em BD

Reportagens serão veiculadas pela TV Alterosa  nesta quinta e na sexta-feira

Os bons resultados do programa Bom Samaritano já repercutem na cidade e região. Por isso, na manhã dessa quinta-feira uma equipe da TV Alterosa / SBT veio a Bom Despacho fazer uma reportagem sobre o programa e seus primeiros resultados.

A matéria, feita pela repórter Marcela Mesquita e o cinegrafista Cristiano Gonçalves, tem veiculação prevista no Jornal da Alterosa desta quinta-feira, às 19:15 horas, e no Alterosa em Alerta da sexta-feira, dia 11, que começa às 11:35. A produção é da jornalista Denise Guerra.

Para fazer a reportagem a equipe da TV Alterosa / SBT visitou a Praça da Estação e a rua Dr. Miguel, registrou os locais onde ficavam os moradores de rua, entrevistou populares e ouviu também a secretária de Desenvolvimento Social, Rosimaire Cássia dos Santos.

Moradores de rua embarcam em carros da Prefeitura dia 7 de janeiro

Em uma semana, a operação Bom Samaritano já retirou 10 moradores de rua da cidade. Ação é voltada para recuperar a dignidade da pessoa e resgatar seus vínculos familiares.
Das 14 pessoas abordadas pela operação Bom Samaritano, dez já foram retiradas e encaminhadas para seus destinos ou familiares. O caso mais simbólico é o de uma mulher no 5º mês de gravidez que residia na Praça da Estação e passava o dia bebendo e pedindo esmolas. Ela foi levada pela Prefeitura e entregue à sua família em Pompéu.

No dia 8 de janeiro a Prefeitura consertou os sistemas de abastecimento de água de três comunidades rurais de Bom Despacho: Capivari dos Macedo (foto à esquerda), Capivari dos Marçal (foto do meio) e Córrego Areado (foto à direita).

Nessas comunidades as bombas que retiram água dos poços artesianos apresentavam defeito ou não funcionavam, prejudicando o abastecimento de mais de 75 famílias.

O trabalho foi coordenado pelo assessor de Desenvolvimento do Engenho do Ribeiro e Povoados, José Maria Cesário, que levou um técnico a cada uma das comunidades para identificar e resolver na hora os problemas existentes.

O grande volume de trabalho desenvolvido nessa primeira semana demonstra a importância de termos uma assessoria para cuidar exclusivamente dos problemas que afetam as comunidades rurais”, destacou o prefeito Fernando Cabral.

Nos três locais o abastecimento de água foi restabelecido no mesmo dia.

Taís Cristina (esq) com Marilda Poeiras, servidora da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (direita)

A coordenadora do programa Minas Olímpica Geração Esporte, Taís Cristina Ferreira Campos, participou de treinamento realizado na Secretaria de Estado de Esporte e da Juventude, dia 7 de janeiro, em Belo Horizonte.

O objetivo foi orientar a coordenadora sobre formas de ampliar as ações do programa em Bom Despacho.

O Minas Olímpica tem como finalidade promover as várias modalidades de esporte entre crianças e adolescentes. “Ele estimula valores éticos, ajuda na formação do caráter e revela talentos”, explica a secretária municipal de Esportes, Roberta Neves.

Em Bom Despacho, o projeto é desenvolvido no ginásio poliesportivo do bairro São Vicente, beneficiando 120 crianças e adolescentes de 7 a 13 anos de idade. Uma das exigências do programa é que o beneficiário esteja matriculado e frequentando a escola.

De 2 a 8 de janeiro a Prefeitura já notificou 18 ambulantes irregulares em várias partes da cidade. A fiscalização vai ser continuada.

Os ambulantes irregulares estão sendo intimados a comparecer ao Setor de Cadastro da Prefeitura para regularizar sua situação e pagar as taxas devidas.

Se não cumprir as determinações legais o ambulante será notificado para se retirar. Em caso de resistência poderá ter sua mercadoria apreendida.

“O trabalho é continuado e todos os dias há uma equipe de fiscais nas ruas para garantir o cumprimento da lei”, afirmou o secretário municipal da Fazenda, Marcelo Freitas.

A fiscalização efetuada pela Prefeitura visa  proteger o comércio regular que paga tributos, checar as condições sanitárias em defesa do cidadão, impedir que ambulantes de fora sujem a cidade e façam concorrência desleal com os comerciantes locais.

As taxas cobradas de ambulantes estão previstas no Código Tributário Municipal (Lei 1.950/2003) e seus valores são atualizados anualmente. A tabela em vigor foi atualizada pelo Decreto 5.431, de 12.12.2012.

Objetivo é votar o Projeto de Lei que prevê parcelamento dos débitos tributários

A Câmara Municipal de Bom Despacho reuniu-se em sessão extraordinária nesta terça-feira, 8/1, para votar o Projeto de Lei que autoriza a Prefeitura a parcelar as dívidas tributárias de contribuintes.

Atendendo a pedido de alguns vereadores, o presidente da Câmara Fernando Becker adiou a votação para a quarta-feira, 9/1, quando será realizada nova sessão extraordinária. O objetivo é permitir que os vereadores tenham mais tempo para analisar o projeto.

O Projeto de Lei enviado pelo prefeito Fernando Cabral prevê que a dívida tributária seja paga em até 24 meses com desconto de 100% da multa e juros para quem requerer o parcelamento até dia 31 de agosto deste ano.

Além disso, permite também o pagamento através de cartão de crédito, débito em conta e financiamento bancário.

Para ver o projeto de lei do parcelamento da dívida, clique aqui.

Começa nessa quinta-feira, 10 de janeiro, e vai até 8 de fevereiro, o recadastramento dos servidores municipais. O objetivo é atualizar e modernizar o sistema de RH, valorizar os servidores e implantar o banco de talentos na Prefeitura.

Deverão se recadastrar ativos, inativos, licenciados, afastados e pensionistas. O formulário pode ser retirado na gerência de Recursos Humanos, nas secretarias municipais ou no BDPREV.

Depois de preenchido, o formulário deve ser entregue na sala de recadastramento montada no BDPREV (Vila Chico Marques, 73 – Centro).

A prefeitura suspenderá o pagamento do servidor que não se recadastrar no prazo.

O servidor deve anexar ao formulário uma foto 3×4 recente e fotocópias dos documentos listados abaixo. Read more »

Economia imediata de R$ 150 mil por mês para a Prefeitura. Este é o resultado do projeto de mudança administrativa enviado à Câmara pelo prefeito Fernando Cabral.

A proposta, que tem caráter de urgência, prevê a diminuição dos cargos de confiança e a redução das gratificações.

Queremos eliminar vários cargos e níveis hierárquicos. Desta forma economizaremos cerca de R$ 150 mil mensais, dinheiro que ajudará a pagar as contas e fazer mais investimentos”, lembra Fernando.

Se aprovada, a mudança irá também aliviar a folha de pagamento da Prefeitura, abrindo espaço para o aumento de que os servidores precisam.

De acordo com a lei o Prefeito depende de autorização da Câmara para fazer mudanças na estrutura administrativa da Prefeitura.

Fernando Cabral enviou à Câmara projeto de lei que trará economia de R$ 10 milhões para os contribuintes. A medida foi encaminhada no primeiro dia de governo e agora aguarda aprovação dos vereadores.

No Projeto de Lei Cabral pede aos vereadores que autorizem à prefeitura dispensar juros e multas e ainda parcelar o pagamento em até 24 meses. Na prática, o contribuinte se beneficiará com um desconto médio de 50% de sua dívida. Entre os impostos estão o IPTU e o ISS.

O projeto prevê também que a dívida poderá ser paga no cartão de crédito, débito em conta e financiamento bancário.

Essas inovações trazem economia e facilidade para o contribuinte, afirmou o Prefeito.

Nesta segunda-feira, 7/1, o presidente da Câmara, vereador Fernando Becker, informou à assessora de Relações Institucionais Lêda Domingos que o Projeto de Lei do Prefeito foi apreciado sem restrições pelo Setor Jurídico da Câmara e será levado à votação em plenário na terça-feira, às 19 horas.

Trata-se de um projeto de grande importância para o município e os contribuintes, por isso estamos nos empenhando em aprova-lo com rapidez“, afirmou Becker.