Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Prefeitura de Bom Despacho - Página 1746

Equipe da TV Alterosa gravando na Praça da Estação, em BD

Reportagens serão veiculadas pela TV Alterosa  nesta quinta e na sexta-feira

Os bons resultados do programa Bom Samaritano já repercutem na cidade e região. Por isso, na manhã dessa quinta-feira uma equipe da TV Alterosa / SBT veio a Bom Despacho fazer uma reportagem sobre o programa e seus primeiros resultados.

A matéria, feita pela repórter Marcela Mesquita e o cinegrafista Cristiano Gonçalves, tem veiculação prevista no Jornal da Alterosa desta quinta-feira, às 19:15 horas, e no Alterosa em Alerta da sexta-feira, dia 11, que começa às 11:35. A produção é da jornalista Denise Guerra.

Para fazer a reportagem a equipe da TV Alterosa / SBT visitou a Praça da Estação e a rua Dr. Miguel, registrou os locais onde ficavam os moradores de rua, entrevistou populares e ouviu também a secretária de Desenvolvimento Social, Rosimaire Cássia dos Santos.

Moradores de rua embarcam em carros da Prefeitura dia 7 de janeiro

Em uma semana, a operação Bom Samaritano já retirou 10 moradores de rua da cidade. Ação é voltada para recuperar a dignidade da pessoa e resgatar seus vínculos familiares.
Das 14 pessoas abordadas pela operação Bom Samaritano, dez já foram retiradas e encaminhadas para seus destinos ou familiares. O caso mais simbólico é o de uma mulher no 5º mês de gravidez que residia na Praça da Estação e passava o dia bebendo e pedindo esmolas. Ela foi levada pela Prefeitura e entregue à sua família em Pompéu.

No dia 8 de janeiro a Prefeitura consertou os sistemas de abastecimento de água de três comunidades rurais de Bom Despacho: Capivari dos Macedo (foto à esquerda), Capivari dos Marçal (foto do meio) e Córrego Areado (foto à direita).

Nessas comunidades as bombas que retiram água dos poços artesianos apresentavam defeito ou não funcionavam, prejudicando o abastecimento de mais de 75 famílias.

O trabalho foi coordenado pelo assessor de Desenvolvimento do Engenho do Ribeiro e Povoados, José Maria Cesário, que levou um técnico a cada uma das comunidades para identificar e resolver na hora os problemas existentes.

O grande volume de trabalho desenvolvido nessa primeira semana demonstra a importância de termos uma assessoria para cuidar exclusivamente dos problemas que afetam as comunidades rurais”, destacou o prefeito Fernando Cabral.

Nos três locais o abastecimento de água foi restabelecido no mesmo dia.

Taís Cristina (esq) com Marilda Poeiras, servidora da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (direita)

A coordenadora do programa Minas Olímpica Geração Esporte, Taís Cristina Ferreira Campos, participou de treinamento realizado na Secretaria de Estado de Esporte e da Juventude, dia 7 de janeiro, em Belo Horizonte.

O objetivo foi orientar a coordenadora sobre formas de ampliar as ações do programa em Bom Despacho.

O Minas Olímpica tem como finalidade promover as várias modalidades de esporte entre crianças e adolescentes. “Ele estimula valores éticos, ajuda na formação do caráter e revela talentos”, explica a secretária municipal de Esportes, Roberta Neves.

Em Bom Despacho, o projeto é desenvolvido no ginásio poliesportivo do bairro São Vicente, beneficiando 120 crianças e adolescentes de 7 a 13 anos de idade. Uma das exigências do programa é que o beneficiário esteja matriculado e frequentando a escola.

De 2 a 8 de janeiro a Prefeitura já notificou 18 ambulantes irregulares em várias partes da cidade. A fiscalização vai ser continuada.

Os ambulantes irregulares estão sendo intimados a comparecer ao Setor de Cadastro da Prefeitura para regularizar sua situação e pagar as taxas devidas.

Se não cumprir as determinações legais o ambulante será notificado para se retirar. Em caso de resistência poderá ter sua mercadoria apreendida.

“O trabalho é continuado e todos os dias há uma equipe de fiscais nas ruas para garantir o cumprimento da lei”, afirmou o secretário municipal da Fazenda, Marcelo Freitas.

A fiscalização efetuada pela Prefeitura visa  proteger o comércio regular que paga tributos, checar as condições sanitárias em defesa do cidadão, impedir que ambulantes de fora sujem a cidade e façam concorrência desleal com os comerciantes locais.

As taxas cobradas de ambulantes estão previstas no Código Tributário Municipal (Lei 1.950/2003) e seus valores são atualizados anualmente. A tabela em vigor foi atualizada pelo Decreto 5.431, de 12.12.2012.

Objetivo é votar o Projeto de Lei que prevê parcelamento dos débitos tributários

A Câmara Municipal de Bom Despacho reuniu-se em sessão extraordinária nesta terça-feira, 8/1, para votar o Projeto de Lei que autoriza a Prefeitura a parcelar as dívidas tributárias de contribuintes.

Atendendo a pedido de alguns vereadores, o presidente da Câmara Fernando Becker adiou a votação para a quarta-feira, 9/1, quando será realizada nova sessão extraordinária. O objetivo é permitir que os vereadores tenham mais tempo para analisar o projeto.

O Projeto de Lei enviado pelo prefeito Fernando Cabral prevê que a dívida tributária seja paga em até 24 meses com desconto de 100% da multa e juros para quem requerer o parcelamento até dia 31 de agosto deste ano.

Além disso, permite também o pagamento através de cartão de crédito, débito em conta e financiamento bancário.

Para ver o projeto de lei do parcelamento da dívida, clique aqui.

Começa nessa quinta-feira, 10 de janeiro, e vai até 8 de fevereiro, o recadastramento dos servidores municipais. O objetivo é atualizar e modernizar o sistema de RH, valorizar os servidores e implantar o banco de talentos na Prefeitura.

Deverão se recadastrar ativos, inativos, licenciados, afastados e pensionistas. O formulário pode ser retirado na gerência de Recursos Humanos, nas secretarias municipais ou no BDPREV.

Depois de preenchido, o formulário deve ser entregue na sala de recadastramento montada no BDPREV (Vila Chico Marques, 73 – Centro).

A prefeitura suspenderá o pagamento do servidor que não se recadastrar no prazo.

O servidor deve anexar ao formulário uma foto 3×4 recente e fotocópias dos documentos listados abaixo. Read more »

Economia imediata de R$ 150 mil por mês para a Prefeitura. Este é o resultado do projeto de mudança administrativa enviado à Câmara pelo prefeito Fernando Cabral.

A proposta, que tem caráter de urgência, prevê a diminuição dos cargos de confiança e a redução das gratificações.

Queremos eliminar vários cargos e níveis hierárquicos. Desta forma economizaremos cerca de R$ 150 mil mensais, dinheiro que ajudará a pagar as contas e fazer mais investimentos”, lembra Fernando.

Se aprovada, a mudança irá também aliviar a folha de pagamento da Prefeitura, abrindo espaço para o aumento de que os servidores precisam.

De acordo com a lei o Prefeito depende de autorização da Câmara para fazer mudanças na estrutura administrativa da Prefeitura.

Fernando Cabral enviou à Câmara projeto de lei que trará economia de R$ 10 milhões para os contribuintes. A medida foi encaminhada no primeiro dia de governo e agora aguarda aprovação dos vereadores.

No Projeto de Lei Cabral pede aos vereadores que autorizem à prefeitura dispensar juros e multas e ainda parcelar o pagamento em até 24 meses. Na prática, o contribuinte se beneficiará com um desconto médio de 50% de sua dívida. Entre os impostos estão o IPTU e o ISS.

O projeto prevê também que a dívida poderá ser paga no cartão de crédito, débito em conta e financiamento bancário.

Essas inovações trazem economia e facilidade para o contribuinte, afirmou o Prefeito.

Nesta segunda-feira, 7/1, o presidente da Câmara, vereador Fernando Becker, informou à assessora de Relações Institucionais Lêda Domingos que o Projeto de Lei do Prefeito foi apreciado sem restrições pelo Setor Jurídico da Câmara e será levado à votação em plenário na terça-feira, às 19 horas.

Trata-se de um projeto de grande importância para o município e os contribuintes, por isso estamos nos empenhando em aprova-lo com rapidez“, afirmou Becker.

Na última quinta-feira (3/1) a Secretaria de Desenvolvimento Social iniciou a operação Bom Samaritano. Seu objetivo é identificar os andarilhos e moradores de rua, ouvir suas reivindicações e oferecer ajuda para voltarem com dignidade ao convívio da família.

O trabalho está sendo feito por quatro servidores da Prefeitura, coordenados pela secretária Rosemaire Cássia dos Santos.

No primeiro dia a equipe abordou sete pessoas na frente da Rodoviária e na rua Dr. Miguel Gontijo. Todas foram entrevistadas e identificadas.

Das sete pessoas ouvidas, cinco manifestaram o desejo de regressar às suas cidades de origem.

Convênio

As pessoas abordadas foram fotografadas, mediante autorização, e sua imagem será postada na internet para facilitar a identificação por familiares e amigos. “Queremos estimular as famílias a virem resgatar essas pessoas”, afirmou a secretária Rosimaire.

A Secretaria de Desenvolvimento Social pretende fazer um convênio com entidade assistencial de Bom Despacho que possa atuar como casa de passagem. Desta forma os moradores de rua serão alimentados e poderão fazer sua higiene pessoal até serem encaminhados às suas cidades de origem.

Fim da esmola

Nas próximas semanas a Prefeitura vai iniciar o trabalho de conscientização da comunidade para que as pessoas não dêm mais esmolas nas ruas. Em vez disso elas serão orientadas a fazer contribuições financeiras para as entidades que prestarem assistência aos moradores de rua.

O gesto solidário de dar esmola a pedintes nas ruas contribui para atrair cada vez mais andarilhos e mendigos para Bom Despacho. Tanto que uma das pessoas abordadas por nossa equipe não quer sair da rua porque disse ganhar em média 120 reais por dia só com esmolas. Portanto, temos que mudar de conduta para resolver o problema”, afirmou a secretária Rosemaire.

Grávida

Uma das moradoras de rua abordadas na quinta-feira está grávida de 5 meses. Por isso, na próxima semana uma equipe da Secretaria irá acompanhar essa pessoa até sua cidade de origem, onde ela será entregue à família.

A abordagem, identificação e encaminhamento de moradores de rua vai continuar por tempo indefinido, inclusive para identificar a presença de eventuais quadrilhas de pedintes que vivem de esmola.

Denúncias da presença de moradores de rua podem ser feitas pelo telefone 3521.3727.

A Prefeitura de Bom Despacho realizou dia 3 de janeiro o conserto da bomba d’água do poço artesiano que abastece a população da comunidade da Garça. A bomba estava queimada desde o dia 30 de dezembro, deixando mais de 50 residências sem abastecimento de água potável naquela região do município.

Comunicado do problema, no primeiro dia de trabalho o assessor do Distrito do Engenho e Povoados, José Maria Cesário, foi à comunidade acompanhado de uma equipe da Prefeitura e mandou retirar a bomba. Ela foi consertada e reinstalada no dia seguinte, normalizando o abastecimento de água da população.

Vilaça e Salitre

Além de solucionar o problema da bomba d’água na Garça, nos dois primeiros dias da nova administração José Maria esteve também na comunidade do Vilaça para uma reunião com a presidente da associação de moradores do local, Ana Lúcia. O objetivo foi conhecer os problemas e demandas da comunidade visando encaminhar as soluções necessárias junto à Prefeitura.

José Maria esteve também na comunidade do Salitre para verificar denúncia de furto de um mata-burro na estrada de acesso ao local. O caso foi encaminhado à Polícia Civil, que fez um B.O. e abriu inquérito para investigar o caso.

A Prefeitura iniciou na manhã do dia 2 de janeiro o esforço de limpeza e remoção do lixo residencial e comercial acumulado na cidade.

O trabalho começou às 07:30 horas e no primeiro dia foi realizado com 2 caminhões coletores e 3 caminhões caçamba. Outro caminhão foi enviado para fazer a coleta emergencial no Engenho do Ribeiro e outras comunidades rurais.

Só na quarta-feira foram recolhidas 154 toneladas de lixo na cidade.

Read more »


Prefeitura Municipal de Bom Despacho – MG (Assessoria de Comunicação), 2 de janeiro de 2013 – No primeiro dia de trabalho a administração municipal desencadeia várias ações para recuperar a cidade
Na manhã do dia 2 de janeiro, logo após tomar posse, o prefeito Fernando Cabral determinou a execução imediata de medidas emergenciais na cidade. Entre elas estão a “Cidade Limpa”, “Combate ao Comércio Irregular”, “Tapa Buraco” e operação “Bom Samaritano”.

Read more »

Prefeitura Bom Despacho – MG (Assessoria de Comunicação), 2 de janeiro de 2013 – A Prefeitura começou na manhã desta quarta-feira o trabalho de limpeza e remoção do lixo acumulado na cidade.

A Prefeitura de Bom Despacho iniciou na manhã da quarta-feira, 2 de janeiro, a coleta do lixo residencial e comercial que está acumulado por toda aa cidade.O trabalho começou às 07:30 horas e neste primeiro dia está sendo realizado com 2 caminhões coletores e 3 caminhões caçamba. Outro caminhão foi enviado para fazer a coleta emergencial no Engenho do Ribeiro e outras comunidades rurais.

“Nossa prioridade neste momento é retomar a coleta de lixo e a varrição das ruas para limparmos a cidade toda”, afirmou a secretária Beliane Xavier. Para isso a Secretaria de Meio Ambiente deslocou pessoal de outros setores e empenhou uma equipe de 30 servidores no serviço de limpeza urbana. Além disso estão sendo feitas contratações temporárias em caráter de emergência e pagamento de horas extras a servidores.

O prefeito Fernando Cabral pediu a colaboração da comunidade para só colocar o lixo de fora no horário da coleta.

Read more »

Resolução 64-12