Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Defesa Civil

Graças ao empenho da Defesa Civil Municipal, Prefeitura recebeu cestas básicas e kits para auxiliar ainda mais as famílias afetadas pelas chuvas

A Prefeitura recebeu 60 cestas básicas, 25 kits higiênicos e 30 kits dormitórios, compostos por travesseiros, lençóis e fronhas. Os itens foram conquistados pela Defesa Civil, repassados para a Secretaria de Desenvolvimento Social, que fará a distribuição entre as famílias afetadas pelas últimas chuvas.

Esta conquista se deu graças ao trabalho que realizamos no período das chuvas, quando atendemos de forma efetiva todas as ocorrências de auxílios às pessoas atingidas“, afirmou a secretária de Trânsito e coordenadora da Defesa Civil, Andréia Araújo.

O Secretário de Desenvolvimento Social, Eduardo Costa, comemorou. “Este apoio chega em boa hora e nos ajudará a manter o apoio que estamos dando o às pessoas que tiveram perdas em razão das chuvas“, destacou.

Defesa Civil de BD – a Defesa Civil atende demandas 24 horas pelo telefone (37) 99172-2112. Você também pode receber alertas da Defesa Civil cadastrando seu CEP mandando mensagem para 40199

Siga as recomendações da Defesa Civil para o tempo frio

A Defesa Civil de Bom Despacho alerta para o tempo frio dos próximos dias em Bom Despacho. Siga as recomendações da Defesa Civil:

  • Feche portas e janelas.
  • Se você residir em casas inacabadas; que faltam portas, janelas ou mesmo vidro; feche estes espaços com plásticos ou outros materiais que impeçam a passagem do vento.
  • Durante o dia é importante que o sol entre nos ambientes da casa.
  • Evite usar fogo para aquecer ambientes fechados. Existe o risco de se consumir o oxigênio do ambiente, bem como causar incêndios.
  • Manter os animais domésticos abrigados e aquecidos e também animais de grande porte para evitar perda na pecuária.
  • Beba bastante água.

Saiba mais – De acordo com dados do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) as temperaturas podem variar entre 7ºC e 16ºC em Bom Despacho e as temperaturas devem continuar baixas nos próximos dias.

Se for viajar evite aglomerações e siga as recomendações da Defesa Civil

A Prefeitura recomenda que a população não promova ou participe de aglomerações neste período de Carnaval. Para aqueles que forem viajar, a Defesa Civil recomenda alguns cuidados que, variam de segurança no trânsito aos cuidados para se banhar em rios e cachoeiras.

As recomendações da Defesa Civil são:

  • Faça a revisão de seu veículo antes de viajar;
  • Utilize pneus em bom estado de conservação;
  • Se vai viajar, muito cuidado com as chuvas para evitar acidentes nas estradas;
  • Evite distrações e não utilize o celular enquanto dirige; tenha cuidado com a aquaplanagem;
  • Se a chuva estiver muito forte, pare o carro em local seguro e só volte a trafegar quando as condições melhorarem;
  • Evite fazer ultrapassagem; em caso de vias alagadas espere o nível da água baixar para voltar a trafegar;
  • Se beber, não dirija;
  • Cuidado com afogamentos, ao procurar locais para nadar, escolha locais conhecidos e nunca vá sozinho;
  • É importante também obedecer a sinalização de perigo e cuidado quando nadar em cachoeiras por causa do fenômeno cabeça d’água, comum neste período de chuvas;
  • Hidrate-se;
  • Alimente-se;
  • descanse e nunca dirija cansado ou com sono.

Fique atento ao tempo chuvoso nos próximos dias

A Defesa Civil de Bom Despacho, com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulga alerta a respeito das chuvas nos próximos dias, até 14 de fevereiro.

De acordo com a previsão numérica do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) de hoje (dia 10), a possibilidade de chuva nos próximos dias variará de 90% hoje e amanhã, 80% nos dias 12 e 13 e 5% no dia 14 de fevereiro. Confira também os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e siga as recomendações da Defesa Civil para caso de chuvas.

EM CASO DE INUNDAÇÕES:

Como agir antes?

  • Se houver risco de alagamentos ou inundações na região onde você mora, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido;
  • Coloque seus móveis e utensílios em locais altos;
  • Desligue os aparelhos elétricos, o quadro geral de energia e feche o registro de entrada de água;
  • Tenho sempre lanternas e pilhas em condições de uso;
  • Monte um kit com água potável, roupa e remédios caso tenha que sair rápido da sua casa.

Como agir durante?

  • Feche bem as portas e janelas;
  • Auxilie crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção;
  • Garanta segurança aos animais de estimação;
  • Evite contato com a água de inundações, pois pode estar contaminada e provocar doenças;
  • Nunca atravesse pontes, ruas ou avenidas inundadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta;
  • Procure um local alto e espere o nível da água baixar;
  • Se for imprescindível trafegar, tenha cuidado redobrado com buracos e bueiros sem tampas ou encobertos pela água.

Como agir depois?

  • Se a chuva inundar sua casa, lave e desinfete chão, paredes, objetos caseiros e roupas atingidas. Use luvas e botas ou sacos plásticos duplos nas mãos e pés;
  • Procure por trincas e estufamentos nas paredes, para verificar se sua casa não corre risco de desabar;
  • Bebidas e alimentos que tiveram contato com águas devem ser descartados;
  • Não use água de fontes naturais e poços depois da inundação, pois podem estar contaminados;
  • Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou que estiveram em locais alagados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito;
  • Volte para casa durante a luz do dia.

Fique atento para a chuva nas próximas horas

A Defesa Civil, com base em dados do SIMGE-IGAM, alerta para chuva de moderada a forte intensidade, com rajadas de vento nas próximas horas, acumulando em torno dos 50 mm.

De acordo com a previsão numérica do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, a probabilidade de chuva hoje varia entre 90% (manhã) e 85% (tarde e noite).

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, poderá haver muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas durante o dia e à noite.

Siga estas orientações para cuidar de você e da sua família:

Se precisar de ajuda ligue para a Defesa Civil 9 9172-2112 ou Corpo de Bombeiros 193. Em caso de problemas na rede elétrica, ligue para a Cemig no 116.

Nos momentos de forte chuva, evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões;

Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas, nem próximas a córregos;

Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores;

Atenção especial para áreas de encostas e morros, qualquer rachadura, movimentação no solo ou sinal de instabilidade abandone o local e busque as áreas seguras;

Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue 116 e acione a Cemig para manutenção da rede, se isso acontecer;

Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, saia imediatamente do local e procure abrigo.

Atenção: Cemig alerta para risco de descarga elétrica em trecho do Rio São Francisco

Por causa das fortes chuvas dos últimos dias, o nível do Rio São Francisco aumentou consideravelmente. Isso fez com que em alguns trechos a rede elétrica se aproximasse da água. Situação como esta foi identificada pela Cemig na margem esquerda do São Francisco, na divisa dos municípios de Dores do Indaiá e Bom Despacho, onde uma linha de distribuição de 68 kV está a alguns metros da superfície do rio.

O contato e até mesmo a aproximação com estes cabos de energia pode provocar acidentes gravíssimos e até fatais com os ocupantes de embarcações. Outra situação grave que pode ocorrer é o desligamento de serviços públicos essenciais na região, a exemplo de hospitais e centros de saúde.

“A situação está sendo monitorada diuturnamente pelas equipes da Defesa Civil do Estado e dos município, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Cemig”, destacou a coordenadora da Defesa Civil de Bom Despacho, Andréia Araújo.

Mais informações serão divulgadas a qualquer momento pelos canais oficiais dos órgãos envolvidos nesta operação.

Fique atento: as pessoas que utilizam a região para lazer e pescaria não devem navegar neste trecho.

Água e energia elétrica não combina:
Clique aqui para saber mais sobre a situação da rede elétrica no São Francisco e quais medidas adotar neste período de chuvas para evitar acidentes.

Equipes da Prefeitura trabalham 24 horas para desfazerem caos deixado em Bom Despacho

Desde o início, Prefeito acompanhou de perto situação das famílias, das áreas urbanas e rurais.

Depois de 20 dias consecutivos, as fortes chuvas deram trégua. Entretanto, cada vez mais estragos e problemas são encontrados por toda a cidade e áreas rurais

Só nos dias 8, 9, 10 e 11 deste mês, as equipes da Prefeitura e da Defesa Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros e da Polícia de Meio Ambiente, atenderam mais de 130 chamados.

Vinte famílias precisaram sair de suas casas. As que precisaram de apoio, a Prefeitura ajudou com aluguel social, recurso para pequenas obras, cesta básica, kits de higiene pessoal.

“Só na área urbana, a Defesa Civil precisou interditar totalmente ou parcialmente 7 vias urbanas”, destaca a secretária de Trânsito e coordenadora da Defesa Civil, Andréia Aráujo.

Prefeitura, produtores rurais e Biosev se unem para recuperar Ponte dos Machados

Neste momento, a ponte da Comunidade Várzea do Machado, que liga Bom Despacho à BR-262, está sendo recuperada. A travessia precisou ser interditada por causa dos estragos causados pelas fortes chuvas.

Na segunda, 17, o trânsito deverá ser liberado. “Agradeço ao produtores rurais e à Biosev que estão nos ajudando na recuperação desta ponte que é tão importante”, disse o Prefeito Doutor Bertolino.

Quase todas as estradas rurais foram devastadas pelas fortes chuvas. A estrada que liga o Condomínio Pica-pau 2 ao Condomínio da Prata e a estrada principal do Povoado de Capivari dos Alves, por exemplo, por dias ficaram intransitáveis. “A boa notícia é que as equipes da Prefeitura também já estão trabalhando na recuperação desses trechos”, destacou o Prefeito.

Ponte da Amizade continua interditada – a Defesa Civil também precisou interditar a Ponte da Amizade, que liga Bom Despacho a Leandro Ferreira. Quem precisar ir ao município vizinho deverá passar pela BR-262.

Prefeito Doutor Bertolino está empenhado na reconstrução de BD e da Capelinha de Padre Libério

Confira o que o Prefeito Doutor Bertolino e o Saulo, um dos organizadores da Cavalgada da Fé, disseram sobre o trecho interditado que liga Bom Despacho a Leandro Ferreira.

Veja mais fotos da atuação da Defesa Civil Municipal

Saiba quais são os pontos interditados e intransitáveis na área rural de Bom Despacho.

Por causa das fortes e constantes chuvas e para manter a população em segurança, a Prefeitura e a Defesa Civil precisaram interditar algumas áreas rurais de Bom Despacho.

Uma delas foi a Ponte da Amizade, que liga Bom Despacho a Leandro Ferreira. O nível da água subiu em torno de 6 metros e alcançou o corrimão da travessia. Quem precisar ir ao município vizinho deve usar o caminho pela BR-262.

Outra ponte interditada foi a da Comunidade Várzea do Machado, que liga Bom Despacho à BR-262. Neste caso, não há rota alternativa. As pessoas precisarão aguardar que o local esteja seguro e liberado.

A Defesa Civil também alerta à população para que não trafegue pela estrada principal do Povoado de Capivari dos Alves e pela estrada que liga o Condomínio Pica-pau 2 ao Condomínio da Prata. Estes dois pontos estão intransitáveis. 

Jamais atravesse áreas alagadas, desbarrancadas, com erosão próxima à pista de rolagem ou com rachaduras nas vias. Confira constantemente sua residência. Se tiver trincas nas paredes, muros ou infiltração incomum saia de casa imediatamente e peça ajuda. Se você reside em áreas de risco, vá para casas de parentes, amigos ou peça apoio à Prefeitura. Nos ajude a preservar sua vida e de sua família”, orientou o Prefeito de Bom Despacho, Doutor Bertolino.  

Lembre-se: na dúvida, chame a Defesa Civil 37 9 9172-2112 ou o Corpo de Bombeiros 193.

Bom Despacho decretou Situação de Emergência por causa das fortes chuvas

Entre os dias 1º a 5 de janeiro deste ano, já choveu em Bom Despacho 143 mm de água. Isso corresponde a quase todo o volume de outubro (157,6 mm) e pouco menos que em novembro (182,7 mm). A cidade ainda recebeu um grande volume de água em dezembro, quando choveu 358,1 mm.

Somando o volume de água destes meses, choveu em Bom Despacho mais de um trilhão de litros de água em apenas três meses e cinco dias. É muita chuva em pouco tempo.

O resultado desse grande volume de água pode ser visto por toda a cidade. Muitos buracos nas ruas, áreas alagadas durante as chuvas, encostas desmoronando, muros caídos ou com risco de cair. Uma casa foi interditada, outras foram parcialmente interditadas. Veja fotos de vistorias da Defesa Civil e do prefeito Doutor Bertolino.

Por isso, e para evitar que a população seja mais penalizada, a Prefeitura decretou situação de emergência nas áreas afetadas pelas fortes chuvas. O Decreto 9.278 já foi publicado no Diário Oficial do Município. Leia o decreto.

PODIA TER SIDO PIOR:
Felizmente agimos preventivamente.

A situação em Bom Despacho poderia ter sido pior. Danos foram minimizados pelo trabalho ágil e eficiente da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros.

Além disso, amenizou a situação as ações realizadas pela Prefeitura antes da chegada das fortes chuvas, como a limpeza dos bueiros, o recapeamento de ruas da cidade, o asfaltamento de muitas vias.

Há risco de mais tempestades em Bom Despacho

Fique atento. Hoje há previsão de tempestade em Bom Despacho. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, a previsão é que chova 30mm em apenas 1 hora.

Amanhã e depois, 7 e 8, a tendência é aumentar o volume de chuvas para 50 mm por dia. Além disso, deve-se levar em consideração que chuvas constantes estão ocorrendo desde novembro do ano passado. Isso vem causando estragos em ruas da cidade, casas, rodovias, pontes de toda a região.

“Estamos tendo um volume considerável de chuva. Para evitar acidentes, a população precisa agir com cautela. Em casos extremos, quando há alagamento, queda de muros ou algum tipo de risco, deve-se priorizar a vida. Só em segundo plano, as pessoas devem pensar em bens materiais”, destacou a secretária de Trânsito e coordenadora da Defesa Civil, Andréia Araújo.

Se precisar de ajuda ligue para a Defesa Civil 9 9172-2112 ou Corpo de Bombeiros 193.

Siga estas orientações para cuidar de você e da sua família:

Nos momentos de forte chuva, evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões;

Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas, nem próximas a córregos;

Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores;

Atenção especial para áreas de encostas e morros, qualquer rachadura, movimentação no solo ou sinal de instabilidade abandone o local e busque as áreas seguras;

Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue 116 e acione a Cemig para manutenção da rede, se isso acontecer;

Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, saia imediatamente do local e procure abrigo.

EM CASO DE INUNDAÇÕES:

Como agir antes?

  • Se houver risco de alagamentos ou inundações na região onde você mora, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido;
  • Coloque seus móveis e utensílios em locais altos;
  • Desligue os aparelhos elétricos, o quadro geral de energia e feche o registro de entrada de água;
  • Tenho sempre lanternas e pilhas em condições de uso;
  • Monte um kit com água potável, roupa e remédios caso tenha que sair rápido da sua casa.

Como agir durante?

  • Feche bem as portas e janelas;
  • Auxilie crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção;
  • Garanta segurança aos animais de estimação;
  • Evite contato com a água de inundações, pois pode estar contaminada e provocar doenças;
  • Nunca atravesse pontes, ruas ou avenidas inundadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta;
  • Procure um local alto e espere o nível da água baixar;
  • Se for imprescindível trafegar, tenha cuidado redobrado com buracos e bueiros sem tampas ou encobertos pela água.

Como agir depois?

  • Se a chuva inundar sua casa, lave e desinfete chão, paredes, objetos caseiros e roupas atingidas. Use luvas e botas ou sacos plásticos duplos nas mãos e pés;
  • Procure por trincas e estufamentos nas paredes, para verificar se sua casa não corre risco de desabar;
  • Bebidas e alimentos que tiveram contato com águas devem ser descartados;
  • Não use água de fontes naturais e poços depois da inundação, pois podem estar contaminados;
  • Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou que estiveram em locais alagados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito;
  • Volte para casa durante a luz do dia.

Após trabalho de credenciamento, Prefeitura consegue equipamentos para apoio da Defesa Civil

No dia 24 a Prefeitura recebeu do governo do Estado uma caminhonete 4×4, notebook, coletes reflexivos e trena digital para apoiar o trabalho da Defesa Civil (COMPDEC) de reduzir os riscos e os danos sofridos pela população em caso de desastres. Veja fotos da entrega e do equipamento.

A Prefeitura conseguiu esses equipamentos participando da Chamada Pública 1-2021-GMG/CEDEC. Veja a relação dos MUNICÍPIOS QUE RECEBERAM OS EQUIPAMENTOS.

“Participamos do Chamamento Público que tem como objetivo estruturar as Defesas Civis Municipais e obtivemos êxito, ficando dentro dos municípios contemplados. Os equipamentos serão de grande valia para auxiliar nos trabalhos desenvolvidos pela DC”, afirmou Andréia Araújo, coordenadora da COMPDEC.

“Mais uma conquista da Prefeitura para o atendimento à população bom-despachense. Uma viatura e vários equipamentos para equipar a Defesa Civil. Parabéns a toda equipe comandada pela Andreia”, afirmou o coordenador de infraestrutura, Vital Guimarães.

Para alegrar o natal de muitas crianças, Prefeitura e parceiro distribuíram presentes pela cidade

Ontem (dia 22) servidores distribuíram pela cidade presentes natalinos nos bairros Ana Rosa, Monte Castelo e Pedro Tavares. A ação contou com apoio da Direcional Engenharia e reuniu as secretarias de Esportes, Desenvolvimento Social, Saúde, Defesa Civil e Assessoria de Comunicação.

A Direcional Engenharia doou mais de 300 camisas, 300 panetones, 300 mochilas e 300 sacolinhas surpresas. A Secretaria de Trânsito conseguiu também mais de 300 brinquedos. Veja como foi a ação.