Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Alerta vermelho contra a dengue em Bom Despacho

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Sérgio Cabral: "catástrofe"

Crescem as notificações de dengue em Bom Despacho. Já houve até internação de criança com 6 anos de idade. No próximo final de semana haverá mutirão para combater pernilongo transmissor da dengue

A Prefeitura Municipal tomou medidas de emergência para enfrentar a dengue. Por omissão e falta de ações preventivas no ano passado, Bom Despacho entrou em 2013 com um dos maiores índices de ocorrência do pernilongo da dengue em Minas.

O quadro é grave. Pesquisa do LIRA (Levantamento Rápido de Infestação do Aedes Aegypti) mostrou que o pernilongo está presente dentro das casas e quintais de Bom Despacho. “E um só pernilongo pode picar e transmitir a doença para até 200 pessoas”, afirma o secretário municipal de Saúde, Sérgio Cabral.

Em entrevista a jornal local no último final de semana, o Secretário de Saúde diz que situação é de “catástrofe”. CLIQUE AQUI para ler a entrevista.

As notificações de dengue estão aumentando rapidamente, inclusive com internações. Uma das vítimas já internadas é uma criança de 6 anos. “Com a chegada do vírus tipo 4 há risco de casos graves e até mortes”, alerta o Secretário de Saúde.

Entre as medidas emergenciais da Prefeitura contra a dengue estão a contratação de 21 novos agentes de controle, formação de novas equipes de pulverização com bombas costais, limpeza da cidade, mobilização das lideranças comunitárias e entrevistas a jornais, rádios e emissoras de televisão.

Na sexta, sábado e domingo próximos, dias 1, 2 e 3 de fevereiro, haverá mutirão contra a dengue em toda a cidade. Acompanhe aqui no site mais informações e orientações sobre o Mutirão.

CLIQUE AQUI para ver as rotas onde os agentes e caminhões do Mutirão irão passar

CLIQUE AQUI para ler entrevista concedida pelo Secretário da Saúde a jornal local

Imprimir