Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Bom Despacho enfrenta crise sem onerar o bolso do cidadão

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Foto: Google Imagens

Enquanto a Prefeitura de Bom Despacho enfrenta a crise com muito trabalho, austeridade, eficiência e criatividade, vários estados e municípios estão aumentando impostos para cobrir suas despesas. Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul aumentaram ICMS e IPVA; o Distrito Federal aumentou IPVA, ICMS e IPTU. A cidade de São Paulo aumentou o IPTU. O Distrito Federal pretende até usar o dinheiro da previdência dos servidores para pagar salários.

Apesar do cenário crítico, a Administração Fernando Cabral vem trabalhando muito para minimizar os efeitos da crise na vida dos bom-despachenses. “Estamos cumprindo nossos compromissos com fornecedores, pagando salários em dia e até aumentando investimentos em saúde, educação, obras. Tudo isto só está sendo possível graças a uma gestão séria e significativo apoio dos servidores”, afirma o Prefeito.

Modelo de gestão – Dia 1º de outubro, o Prefeito Fernando Cabral, a convite da CNM, fez uma palestra em São Paulo sobre eficiência na Administração Pública. Bom Despacho é uma das poucas cidades brasileiras que vem enfrentando a crise sem aumento de impostos e sem atraso no pagamento de fornecedores e de servidores.

Clique aqui saber mais sobre aumento do ICMS em Minas

Clique aqui para saber mais sobre aumento de tributos e uso do dinheiro da previdência no DF

Clique aqui para saber mais sobre aumento da CIP no DF

Clique aqui para saber mais sobre aumento do ICMS no RS

Clique aqui para saber mais sobre aumento de IPTU em São Paulo

Clique aqui para saber mais sobre aumento do ICMS em Sergipe

Clique aqui para saber mais sobre aumento do IPVA no RJ

Imprimir