Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Escola Virgílio Antônio realiza Dia “D” com serviços para a comunidade

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Moradores debateram o plano pedagógico de educação, assistiram apresentações artísticas, fizeram identidade

Dia D - Escola Mato Seco1

Apresentações culturais alegraram a manhã

No Dia “D” da Escola Virgílio Antônio teve prestação de serviços para a comunidade do Mato Seco. Além de conhecer o plano pedagógico, os pais propuseram melhorias para o ensino dos seus filhos.

“O Dia “D” foi mais uma oportunidade das famílias participarem efetivamente do projeto que aumenta a qualidade do ensino. Durante o encontro, com a presença de pais e a contribuição dos professores, diagnosticamos alguns processos que precisam ser melhorados. O próximo passo é estabelecer contato com todos os pais que não puderam comparecer e consolidarmos as ideias”, disse Marcelo Ferri, diretor da escola.

Depoimento - Dia D Mato Seco

Pedro

A ação foi aberta aos moradores, que aferirão pressão, fizeram identidade, atualizaram cadastros do Bolsa Família e o cartão do SUS. Cerca de 250 pessoas participaram da iniciativa, que ainda ofereceu apresentações artísticas. “A ação foi muito boa para integrar as famílias e levá-las para a escola”, disse Pedro Leandro da Silva, 34 anos, pai de um dos alunos da escola.

Dia “D” nas escolas – Todas as escolas da cidade realizaram o Dia “D”. Dois encontros foram organizados; no primeiro os profissionais da educação trocaram experiências e propuseram ideias para melhorar o ensino das escolas. No segundo, os pais participaram dos debates. “A reunião de educadores e famílias é muito importante. Ano passado, por exemplo, entre as ações propostas no Dia “D” está o Reintegrar. O projeto foi implantado na rede municipal. Ele oferece aulas particulares aos alunos que não conseguem acompanhar sua turma. o resultado é a integração desse aluno e uma turma mais coesa, que rende mais”, afirma a secretária de Educação Simone Mamede.

Imprimir