Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Há risco de mais tempestades em Bom Despacho

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Há risco de mais tempestades em Bom Despacho

Saiba como evitar incidentes hoje e nos próximos dias, pois previsão é que a chuva continue.

Fique atento. Hoje há previsão de tempestade em Bom Despacho. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, a previsão é que chova 30mm em apenas 1 hora.

Amanhã e depois, 7 e 8, a tendência é aumentar o volume de chuvas para 50 mm por dia. Além disso, deve-se levar em consideração que chuvas constantes estão ocorrendo desde novembro do ano passado. Isso vem causando estragos em ruas da cidade, casas, rodovias, pontes de toda a região.

“Estamos tendo um volume considerável de chuva. Para evitar acidentes, a população precisa agir com cautela. Em casos extremos, quando há alagamento, queda de muros ou algum tipo de risco, deve-se priorizar a vida. Só em segundo plano, as pessoas devem pensar em bens materiais”, destacou a secretária de Trânsito e coordenadora da Defesa Civil, Andréia Araújo.

Se precisar de ajuda ligue para a Defesa Civil 9 9172-2112 ou Corpo de Bombeiros 193.

Siga estas orientações para cuidar de você e da sua família:

Nos momentos de forte chuva, evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões;

Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas, nem próximas a córregos;

Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores;

Atenção especial para áreas de encostas e morros, qualquer rachadura, movimentação no solo ou sinal de instabilidade abandone o local e busque as áreas seguras;

Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue 116 e acione a Cemig para manutenção da rede, se isso acontecer;

Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, saia imediatamente do local e procure abrigo.

EM CASO DE INUNDAÇÕES:

Como agir antes?

  • Se houver risco de alagamentos ou inundações na região onde você mora, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido;
  • Coloque seus móveis e utensílios em locais altos;
  • Desligue os aparelhos elétricos, o quadro geral de energia e feche o registro de entrada de água;
  • Tenho sempre lanternas e pilhas em condições de uso;
  • Monte um kit com água potável, roupa e remédios caso tenha que sair rápido da sua casa.

Como agir durante?

  • Feche bem as portas e janelas;
  • Auxilie crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção;
  • Garanta segurança aos animais de estimação;
  • Evite contato com a água de inundações, pois pode estar contaminada e provocar doenças;
  • Nunca atravesse pontes, ruas ou avenidas inundadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta;
  • Procure um local alto e espere o nível da água baixar;
  • Se for imprescindível trafegar, tenha cuidado redobrado com buracos e bueiros sem tampas ou encobertos pela água.

Como agir depois?

  • Se a chuva inundar sua casa, lave e desinfete chão, paredes, objetos caseiros e roupas atingidas. Use luvas e botas ou sacos plásticos duplos nas mãos e pés;
  • Procure por trincas e estufamentos nas paredes, para verificar se sua casa não corre risco de desabar;
  • Bebidas e alimentos que tiveram contato com águas devem ser descartados;
  • Não use água de fontes naturais e poços depois da inundação, pois podem estar contaminados;
  • Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou que estiveram em locais alagados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito;
  • Volte para casa durante a luz do dia.
Imprimir