Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Virada cultural incentiva artistas locais e valoriza nossa diversidade

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Virada cultural incentiva artistas locais e valoriza nossa diversidade

Foram quinze apresentações, mais de cinquenta artistas e doze horas de shows e apresentações culturais.

Veja no vídeo como foi a Virada Cultural 2021.

Errou quem pensou que alguma tempestade atrapalharia a realização da segunda edição da Virada Cultural de Bom Despacho, que aconteceu no sábado, dia 20 de novembro. Os guarda-chuvas coloridos pendidos no teto do palco integraram o ritmo da chuva ao cenário musical do evento. Em meio à chuva e guarda-chuvas, teve muito samba, muito rap e rock’n roll. Veja fotos da virada.

O Samba de Primeira foi um dos grupos que alegrou o público dando um gostinho de carnaval ao dia chuvoso. Os artistas elogiaram a realização do evento e parabenizaram a participação de todos. “Agradecemos à equipe envolvida na produção do evento e aproveitamos para parabenizar a todos que se apresentaram e fizeram um grande espetáculo”, destacou o músico Wagner Araújo.

A segunda edição da virada que, pela primeira vez aconteceu em formato híbrido, ainda contou com shows de diversos outros estilos musicais, como sertanejo e pop, e também com apresentações de dança e mostra de artesanato. Vários artistas ainda fizeram menção ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado na data em que foi realizado o evento.

A Virada Cultural visa valorizar os artistas e a cultura local – A Virada Cultural é realização da Secretaria de Cultura e Turismo e prevê a valorização e o incentivo de artistas e da cultura de Bom Despacho.

“A Virada Cultural visa contemplar as manifestações populares das diversas expressões artísticas e culturais de nossa cidade, fomentando o turismo, ofertando oportunidades aos artistas para que mostrem a sua arte e garantir a população o acesso gratuito a espetáculos. Este ano o acesso foi presencial e virtual. Também homenageamos os músicos pelo Dia do Músico (22 de novembro)”, destacou Rosimaire dos Santos, secretária de Cultura e Turismo.

“Planejar a Virada Cultural é uma tarefa que exige muita dedicação da organização do evento. É preciso pensar nos artistas, no público, nos prestadores de serviços e em toda logística do evento. No entanto, ver o resultado de todo esse esforço, reunindo 15 apresentações com mais de 50 artistas no total, 12 horas de duração do evento e a satisfação de todos os envolvidos, faz com que todo o esforço valha a pena, nos motivando a almejar cada vez mais o sucesso em nossas ações”, enfatizou Joyce Jaciara, coordenadora de Cultura.

Imprimir