Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Saiba mais sobre a Deficiência Intelectual e Múltipla

Saiba mais sobre a Deficiência Intelectual e Múltipla

Bom Despacho apoia o cuidado e a inclusão

Na foto estão alunos da APAE que vieram à Prefeitura para participar de um café com o Prefeito em comemoração à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla.

Dentro da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência intelectual e múltipla, você saberá mais sobre a Deficiência Intelectual e como Bom Despacho trabalha para cuidar e fomentar a inclusão desses pacientes.

A deficiência intelectual é um transtorno neurológico que afeta a habilidade de interação social, de comunicação e raciocínio lógico. Esse distúrbio pode acarretar prejuízos no aprendizado, na atenção, na memória e na linguagem da criança.

Para apoiar as pessoas com deficiência intelectual e autismo, a Prefeitura tem uma rede de cuidados à pessoa com deficiência, que inclui o Serviço Especializado na Reabilitação do Deficiente Intelectual – Serdi.

Este serviço é oferecido na Apae e conta com uma equipe multidisciplinar formada por neuropediatra, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, assistente social e psicólogo. Hoje, mais de 250 pacientes necessitam desse serviço .

Outro serviço ofertado no Município para as crianças e adolescentes com deficiência intelectual é a Equoterapia, um método terapêutico físico, ocupacional e educacional que utiliza cavalos.

Serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo, melhorando as funções neurológicas. Hoje, são assistidos 56 pacientes.

Mais apoio e inclusão – Além disso, a Prefeitura está reformando o local onde será implantado o Centro Municipal de Atendimento Especializado – Cemae, que atenderá crianças matriculadas nas escolas municipais.
Hoje, já existe apoio aos alunos com o trabalho de 11 professores de Atendimento Educacional Especializado e de 51 que dão apoio aos alunos com deficiência.

Imprimir