Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

O Ministério da Saúde lançou hoje (24/03) uma campanha para alertar a população quanto ao principal sintoma da tuberculose: tosse persistente por mais de três semanas.

Confira clicando no link outras informações sobre a doença que tem cura.

O QUE É TUBERCULOSE?

É uma doença causada por uma bactéria que ataca principalmente os pulmões, mas pode

também ocorrer em outras partes do corpo, como ossos, rins e meninges (as membranas que

envolvem o cérebro).

COMO SE TRANSMITE A TUBERCULOSE?

A tuberculose é transmitida de pessoa a pessoa. Ao espirrar, tossir ou falar, o doente com

tuberculose nos pulmões expele as bactérias que podem ser aspiradas por outras pessoas.

COMO SEI SE ESTOU COM TUBERCULOSE?

O principal sintoma é a tosse por mais de 3 semanas, que pode estar acompanhada de um

dos seguintes sintomas: falta de apetite, perda de peso, cansaço, dor no peito, febre no fim

do dia e suor noturno.

COMO ME PREVENIR?

A melhor forma de prevenir a transmissão da doença é fazer o diagnóstico e iniciar o

tratamento adequado o mais rápido possível. A vacina BCG, obrigatória para menores de

1 ano, só protege as crianças contra as formas mais graves da doença. Adultos não são

protegidos por esta vacina.

COMO SE TRATA A TUBERCULOSE?

O tratamento deve ser feito por um período mínimo de 6 meses, diariamente e sem nenhuma

interrupção. O tratamento só termina quando o médico confirmar a cura total do paciente.

Ambientes fechados e mal ventilados favorecem a transmissão da doença.

• TOSSE POR MAIS DE 3 SEMANAS, COM OU SEM CATARRO, PODE SER TUBERCULOSE.

• qUANDO DIAgNOSTICADA CEDO, A TUBERCULOSE TEM CURA.

• O TRATAMENTO ADEqUADO NãO PODE SER INTERROMPIDO E é UM DIREITO SEU

gARANTIDO PELO SUS.

• 15 DIAS APÓS INICIADO O TRATAMENTO, A PESSOA JÁ NãO TRANSMITE MAIS

A DOENÇA.

Para saber mais, ligue 0800 61 1997, procure a unidade de saúde mais

próxima ou uma equipe do Saúde da Família.

Imprimir