Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Atenção: as funções do site requerem que o Javascript esteja habilitado!
Ative-o e recarregue a página novamente.

Prefeitura implantará centro para atendimento especializado a alunos com deficiência de aprendizagem

Prefeitura Municipal de Bom Despacho

Hoje (dia 21) o prefeito Doutor Bertolino e a vice-prefeita Juliana Jaber se reuniram com representantes das secretarias de Desenvolvimento Social, Educação, Saúde e representantes da sociedade para discutir a implementação do Centro Municipal de Atendimento Especializado (Cemae).

O objetivo do Cemae é fortalecer a educação inclusiva, apoiando alunos da educação infantil e fundamental que apresentam dificuldade na aprendizagem em virtude de deficiência ou transtornos no desenvolvimento físico, social, emocional e cognitivo e outras habilidades.

“Inclusão é trabalharmos juntos, uns pelos outros, e vocês que lidam com familiares com deficiência merecem nossa mais profunda admiração por não desistirem mesmo diante de tantos obstáculos. Estamos juntos por vocês e vamos construir o Cemae o quanto antes. É uma prioridade desta gestão”, afirmou o prefeito Doutor Bertolino.

“Hoje é dia de luta nacional da pessoa com deficiência e Bom Despacho dá um grande passo para a discussão com a comunidade pela implantação do Cemae. Essa gestão acredita na inclusão e numa educação forte e transformadora para todos”, disse a vice-prefeita Juliana Jaber.

“O Cemae tem como objetivo oferecer atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência, bem como a todas as crianças que apresentem alguma necessidade especial com o objetivo de sanar as dificuldades e barreiras que impedem o efetivo desenvolvimento pedagógico dos alunos e ao desenvolvimento integral dos mesmos, promovendo assim a educação inclusiva e a democratização do ensino para todos”, destacou a secretária de Educação, Gabriela Fernandes.

“A implantação de mais este serviço vem fortalecer o compromisso desta gestão, potencializando os atendimentos de forma humanizada e inclusiva, contribuindo para o protagonismo e empoderamento de nossas crianças e suas famílias, no qual as áreas de saúde, educação, social atuarão de forma transversal com a comunidade. Assim promovendo juntas a inclusão e a promoção humana de nossa população”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Eduardo Costa.

“Com o Cemae conseguiremos absorver a demanda e ainda atender outras demandas de crianças com dificuldades de aprendizagem, através de atendimento especializado multiprofissional”, afirmou a subsecretária de Saúde, Tamara Bicalho.

“Essa implementação é um sonho que nós pais de pessoas com deficiência sonhamos muito. A iniciativa da Prefeitura é um grande avanço. Quero deixar minha eterna gratidão e os parabéns para a Administração Municipal que vem buscando melhorar a qualidade de vida destas pessoas”, afirmou a mãe do aluno Pietro, da Escola Professor Wilson Lopes, e membro do Conselho Municipal de Pessoa com Deficiência, Janaína Silva.

“Esperamos continuar juntos para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência. Este será um sonho realizado para os pais que têm filhos com deficiência. Só vai otimizar o atendimento a pessoas com deficiência para qualquer tipo de aprendizagem”, afirmou a representante da Apae, Joana D’Arc.

Alguns dos serviços que serão ofertados são: Assistência social, psicologia, neuropediatria, fonoaudiologia, nutrição, terapia ocupacional, psicopedagogia, musicoterapia, psiquiatria infantil.

Imprimir